Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2011

(pouco) Poeta (muito) Insatisfeito

Imagem
Há quem lhe chame cego, enganador, falso ou assassino de sonhos. Há quem se recuse a conhecê-lo e, mesmo assim, diga mal dele. Há quem apregoe ser-lhe chegado, próximo, íntimo ou até parente, mas muitos desses nunca lhe viram o rosto. Há quem o odeie desmesuradamente. Há quem o ame infundadamente. Há quem acredite tê-lo tocado, imensas vezes, mas tudo foram quimeras. Há quem sinta a sua pele, todos os dias, quem o vive nem sabe a fortuna que tem. Eu sou só mais uma dessas bolas antistress, nas tuas mãos. Sou só mais uma das tuas cobaias. Um dia, hás-de deixar de fazer experiências. Até lá, eu e outras pessoas vamos andar rezando por um pouco da tua atenção, continuaremos a lutar pelo teu respeito. E, mesmo que não consigamos, havemos de continuar a gritar, com orgulho, o teu nome: AMOR!