Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2012

A necessidade do toque

Imagem
Essa história das horas iguais que fazem lembrar as pessoas de quem gostamos, é só uma desculpa para enviar mais uma mensagem, para ter mais um tema de conversa. Ninguém pensa na pessoa de quem gosta, só porque viu horas iguais. O que acontece é que quando gostamos, só há uma cara, um sorriso, uma voz, um olhar e um nome no nosso pensamento e, por vezes, por acaso, olha-se para o relógio e pumba, lá estão as horas iguais. Quando estamos apaixonados e, por algum motivo, temos uma música, um cheiro, qualquer coisa que nos ligue à tal pessoa, aquela passa a ser a nossa música favorita, o odor que mais ansiamos sentir só para nos sentirmos mais perto daquele alguém. Tudo o que fazemos circula em torno de uma só pessoa, nem que isso seja inventar novas formas de o irritar, de o provocar, de o fazer agarrar-te mais, de o fazer barafustar, qualquer coisa serve desde que isso implique tê-lo em contacto contigo. Amores platónicos são sublimes mas utópicos! Ninguém se contenta com o sorriso longe…