critério de escolhas


Sim, eu sei que já passou muito tempo, que já muita coisa foi dita e que, muito dificilmente (talvez seja impossível), as coisas voltarão algum dia àquilo que foram. Eu sei isso tudo. E teimo em dizer que o que foi já não é, que já não gosto de ti, insisto em dizer que nunca te vou aceitar de volta, que és menos de nada, que não te suporto, que a tua presença me incomoda, eu insisto em fazer crer a mim própria que já não és importante. E faço-o das formas mais estranhas que se possa imaginar. Rio-me das coisas ridículas que fazes, tenho pena de ti pelas atitudes que tomas, lamento as más decisões em que arriscas mas a vida é tua. Dói ter de me convencer a mim própria que eu e tu acabou, mas sabes o que dói ainda mais? Corrói-me o facto de saber que até a terra suja do chão vale mais, para ti, do que eu. Já deixei de chorar por ti, convenci-me de que não mereces isso (e talvez não mereças mesmo). Sempre que olho para trás, inevitavelmente, numa grande porção de tempo estás tu. Mas mesmo que o tempo tivesse sido curto, não importava porque o teu relevo foi realmente importante. Muitas das minhas primeiras vezes, em muitas coisas, foram contigo. Não é à toa, certamente, que os nossos traços acabam por ser semelhantes, apesar de muito muito diferentes.
A verdade (nua e crua) é que os laços que eu tinha contigo se quebraram, ou melhor, foram cortados (POR TI).
Um dia, tu vais perceber que, apesar de nunca me teres achado suficientemente boa para ti, eu gostava mesmo, mesmo de ti!

Comentários

Jú S disse…
que post mais triste! apesar de o teu dom para escrita estar mais uma vez aqui presente, não gosto deste texto :c
que se passa minha pequena? *
és mais forte que tudo, nunca te esqueças disso <3
adriana isabel disse…
se os laços foram cortados por ele ou ela, como dizes no texto, é porque secalhar nunca se importou com nada do que se passava na tua vida, e o melhor é esquecer, levantar a cabeça e seguir em frente. sinceramente, sinto-me exactamente assim, como dizes. texto muito bom, gostava que lesses os meus, acho que não são tão bons como os teus, mas não ficam muito atrás (:
Jú S disse…
sei isso perfeitamente, mas às vezes sinto que "abuso" nisso! principalmente ultimamente que a minha cabeça tem andado uma confusão... por isso é que quero deixa-lo um bocado aparte de tudo isto, quero ultrapassar isto sozinha, não quero arrastar ninguém comigo, é só isso (: ***